Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Sessão pública

OAB paulista promove desagravo para advogados de Osasco

O Conselho da OAB paulista decidiu, por unanimidade, promover desagravo público aos advogados Vivaldo Tadeu Câmara e Renato Sidnei Perico, em razão do tumulto ocorrido no Fórum de Osasco, no dia 16 de julho. A sessão pública acontecer no dia 11 de agosto, às 13h, na Casa do Advogado da cidade.

Durante uma audiência, Câmara e o promotor público Fernando Albuquerque desentenderam-se, discutiram e o juiz abandonou a sala. O promotor então deu voz de prisão ao advogado, alegando desacato. O profissional foi algemado e levado até a porta da carceragem do fórum. Ele foi solto por interferência da Comissão de Direitos e Prerrogativas da OAB-SP.

O caso teve desdobramentos. A Subsecção de Osasco convocou uma reunião dia 18 de julho. Com as bandeiras do Brasil e da OAB nas mãos, dezenas de advogados atenderam ao chamado e foram ao fórum conversar com o juiz. Na entrada, policiais militares os impediram de ir até a sala do juiz. Depois do tumulto, o juiz os ouviu.

"A indevida prisão de um profissional e ofensas a outro, ambos no exercício de seus misteres, constitui inominável afronta a toda a classe dos advogados, a merecer pronta e enérgica reação desta Seccional", afirmou o presidente da OAB paulista, Carlos Miguel Aidar. (OAB-SP)

Revista Consultor Jurídico, 23 de julho de 2003, 16h48

Comentários de leitores

1 comentário

e

Zé Carioca ()

e

Comentários encerrados em 31/07/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.