Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Na telinha

Eleição da OAB paulista terá debate entre os candidatos

Dentro do processo de modernização das eleições, a OAB paulista decidiu abrir espaço para um debate público na TV entre os candidatos à presidência da Seccional. O debate está previsto para acontecer um mês antes das eleições, quando as chapas oficiais estiverem registradas.

"Junto com o voto eletrônico, o debate entre os candidatos modernizará e tornará mais democrático o processo eleitoral dentro da Ordem, porque colocará os candidatos frente a um novo tipo de teste -- o debate de propostas", disse o presidente da OAB-SP Aidar. O voto é obrigatório para todos os 180 mil advogados paulistas.

Para Aidar, é muito positivo as eleições da OAB-SP assimilarem aspectos das eleições político-partidárias, porque isso impõe um padrão de maior de transparência aos candidatos. "Todos os advogados vão querer conhecer e comparar os programas e compromissos de cada candidato, quem são os seus aliados e apoiadores da campanha, inclusive financeiros", disse o presidente da Seccional.

O debate será veiculado pela TV Cidadania, programa semanal gerado pela OAB-SP para a Rede Vida e para a TV Comunitária. Segundo Aidar, o formato do debate deverá obedecer às fórmulas já consagradas, com a escolha, de comum acordo, de temas principais, como defesa das prerrogativas, ensino jurídico, previdência privada dos advogados, assistência judiciária, quinto constitucional e papel da Ordem, entre outros.

"É fundamental , também, propor blocos de discussão, com perguntas sorteadas e de candidato para candidato, além de controlar o tempo de cada um, porque advogado gosta de discursar", completou Aidar.

A expectativa do presidente da OAB-SP é de total endosso dos candidatos à proposta de debate televisivo. "É a primeira vez que os candidatos se enfrentarão em um debate público. Será a chance de muitos conquistarem votos", disse. (OAB-SP)

Revista Consultor Jurídico, 18 de julho de 2003, 19h17

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 26/07/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.