Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Serviço personalizado

JEF de Curitiba terá auto-atendimento para partes e advogados

O Juizado Especial Federal de Curitiba, que julga causas sobre previdência e assistência social envolvendo valores de até 60 salários mínimos, vai disponibilizar, na segunda-feira, dia 21 de julho, sistema de auto-atendimento para partes e advogados. O serviço funcionará das 13 às 18 horas, na própria sede do JEF.

De acordo com o juiz federal substituto Antônio César Bochenek, que assinou a Portaria criando o serviço, a intenção do auto-atendimento é "agilizar a prestação de serviços do Juizado Especial Federal, adequando seu funcionamento aos princípios da celeridade, simplicidade e informalidade". O Juizado Federal foi criado em 14 de janeiro de 2002 e registra, desde então, 24.390 processos distribuídos.

A sala onde será feito o auto-atendimento contará com os seguintes equipamentos e mobiliário: um balcão com abertura para secretaria da Vara e três aberturas para o interessado colocar os autos e as petições protocolizadas, um protocolador que ficará sobre o balcão, preparado para o protocolo sucessivo de duas vias de documento, com identificação própria do tipo Juizado Especial Federal e número próprio de auto-atendimento, um local de trabalho exclusivo, composto por uma mesa, uma cadeira e um perfurador de papel previamente ajustado à medida apropriada para juntada do documento aos autos.

O serviço de auto-atendimento é facultativo a advogados e seus estagiários, às partes e peritos, que poderão continuar a protocolar e juntar documentos aos processos por meio dos funcionários do JEF. As exceções serão apenas as petições iniciais ("entradas novas ações") que deverão, necessariamente, ser protocoladas por funcionário do Setor de Distribuição, localizado no 1º andar do prédio. (JF-PR)

Revista Consultor Jurídico, 17 de julho de 2003, 17h47

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 25/07/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.