Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Trabalho conjunto

Acordo interministerial permitirá equipar e modernizar escolas

Os ministérios da Educação e das Comunicações começam nesta sexta-feira, dia 31, a montar a estratégia de uso dos recursos do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (Fust) para equipar escolas públicas. O objetivo é dotar essas escolas de computadores, desenvolver softwares pedagógicos e treinar professores. A decisão foi tomada na quarta-feira, 29, pelos ministros Cristovam Buarque e Miro Teixeira.

Cristovam esclareceu que o trabalho será conjunto, mas cada área terá tarefas específicas. Caberá ao Ministério das Comunicações prover a infra-estrutura - promover licitações, adquirir equipamentos e providenciar redes de conexão. O Ministério da Educação terá as atribuições de treinar os professores das escolas públicas que vão receber os computadores e preparar o conteúdo pedagógico. A coordenação, no MEC, ficará a cargo do secretário de Educação a Distância, João Carlos Teatini. Na pasta das Comunicações, o responsável será o assessor especial Márcio Wohlers.

Presente

A tarefa, explica o ministro Cristovam Buarque, começa por acabar com a desconfiança dos professores quanto ao uso dos computadores. "Sabemos que ainda existem muitas resistências", salientou o ministro. O projeto inicial do acordo interministerial é levar os recursos da informática às escolas de ensino médio e de alfabetização. "Sabemos que o computador, nas mãos de quem não gosta e nem sabe usar, atrapalha. Deixa de ser uma boa ferramenta de trabalho. O computador é um presente para quem gosta dele e sabe usá-lo. Para quem não gosta e nem sabe usar, é um estorvo", resumiu Cristovam.

Para que esse novo instrumento tecnológico seja bem recebido nas escolas e possa cumprir sua finalidade na Educação, o MEC promoverá, imediatamente, um programa de treinamento. Na avaliação do ministro, num prazo de um a dois meses os professores já terão informações suficientes para trabalhar. O uso diário dos computadores e da Internet acelerará o aprimoramento do aprendizado.

Segundo Márcio Wohlers, assim quer for concluído o plano de trabalho conjunto, o qual definirá, entre outros itens, os recursos, o número de equipamentos e de redes, o Ministério das Comunicações dará início ao processo de licitação para a compra dos computadores.

O Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações é composto de 1% da receita bruta operacional anual das empresas de telecomunicações.

Fonte: Ministério da Educação.

Revista Consultor Jurídico, 30 de janeiro de 2003, 16h18

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 07/02/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.