Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Registro histórico

Supremo já teve dois ministros negros no século passado

Caso indique, efetivamente, um negro para o Supremo Tribunal Federal, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva poderá estar sendo politicamente correto. Mas não entrará para a História como o presidente que indicou o primeiro ministro da raça negra da história do STF.

É o que se constata com a leitura do livro "História do Supremo Tribunal Federal", de Leda Boechat Rodrigues, viúva do historiador José Honório Rodrigues, por décadas alta funcionária do STF no Rio de Janeiro. A autora registra a passagem de dois ministros mulatos pelo Supremo.

Sob perspectiva estritamente antropológica, os dois pertenceram à raça negra.

O jurista mineiro Pedro Augusto Carneiro Lessa, professor da Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, que tomou posse como ministro do STF em 1907, segundo a obra, "era mulato claro, brilhantíssimo, estrela de primeira grandeza".

A autora também dedica algumas páginas ao ministro Hermenegildo Rodrigues de Barros, que foi nomeado ministro do Supremo em 1919. De acordo com o livro, ele também era mineiro, de baixa estatura e "um dos prodigiosos produtos da miscigenação brasileira: mulato escuro, inteligentíssimo e bravíssimo, parecendo um galo de briga."

Nomes cotados

Segundo o jornal O Estado de S.Paulo, o nome cotado pelo presidente Lula para ser indicado ao STF é o ministro Carlos Alberto Reis de Paula, do Tribunal Superior do Trabalho.

Para as outras duas vagas, são cogitados dois desembargadores paulistas: Antonio Peluso e Antonio Carlos Malheiros.

Outra cogitada é Carmem Lucia Antunes Rocha, que foi procuradora-geral do ex-governador de Minas Gerais,Itamar Franco.

Revista Consultor Jurídico, 28 de janeiro de 2003, 19h15

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 05/02/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.