Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Comunicação direta

Sistema agilizará comunicação entre JT e entidades financeiras

Um sistema que agilizará a comunicação entre as entidades financeiras e as Varas do Trabalho para facilitar o bloqueio e desbloqueio de contas correntes de pessoas físicas e jurídicas executadas em ações trabalhistas. Esse é o projeto Bacen-jud, que está sendo desenvolvido pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e pela Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra).

O diretor de informática da Anamatra, Cláudio Brandão, será um dos juízes do trabalho que acompanhará o desenvolvimento e implantação do sistema. De acordo com ele, a comissão de desenvolvimento do projeto tem como principal objetivo assegurar que o sistema seja desenvolvido de acordo com as necessidades dos usuários, garantindo uma comunicação direta, segura e imediata entre a Justiça do Trabalho e o sistema bancário e vice-versa. "Todo o sistema usará criptografia de última geração", reforça o magistrado.

Além de Brandão, também compõem a comissão, os juízes Magda Kersul de Brito, Daniel Viana Júnior e Firmino Alves Lima, o servidor do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, Markus Borges Astolpho, e o diretor de secretaria de processamento de dados do Tribunal Superior do Trabalho, Luiz Carlos Saletti.

Revista Consultor Jurídico, 24 de janeiro de 2003, 18h14

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 01/02/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.