Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Comunidade virtual

Secretaria de Direitos Humanos lança Árvores de Conhecimentos

A Secretaria Especial dos Direitos Humanos, do Ministério da Justiça, iniciou nesta um programa piloto que cria uma base de dados com 19 ONGs para a troca de informações entre governo e sociedade. O projeto, que terá duração de seis semanas, é baseado no sistema das Árvores de Conhecimentos, do sociólogo francês, Pierre Lévy. O objetivo é colher informações sobre as reais necessidades do país quanto aos direitos humanos e estabelecer parcerias entre instituições e pessoas ligadas à Rede Nacional de Direitos Humanos.

Por meio de um software, as Árvores de Conhecimentos possibilitam a criação de uma comunidade virtual que troque experiências no sentido de proteger e promover os direitos humanos. Segundo o filósofo, o sistema contribuirá para a construção da inteligência coletiva e do aprendizado comunitário. "É uma inteligência distribuída por toda parte, incessantemente valorizada, coordenada em tempo real, que resulta em uma mobilização efetiva das competências", explica.

A Secretaria pretende expandir o projeto futuramente a partir da experiência piloto. Para se inscrever no programa, basta acessar a página da Rede Nacional de Direitos Humanos.

Fonte: Ministério da Justiça.

Revista Consultor Jurídico, 21 de janeiro de 2003, 14h02

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 29/01/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.