Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Crise no RJ

Faver fala em demissão e desconto para quem participar de greve

O presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, desembargador Marcus Faver, anunciou que todo ocupante de cargo de confiança do TJ-RJ que participar de qualquer greve será demitido e se for funcionário de carreira, será descontado. Os juízes foram orientados a não admitir nenhum tipo de paralisação que possa afetar o trabalho do Poder Judiciário fluminense.

"Toda greve tem que ter um caráter reivindicatório. Só não podemos admitir que as reivindicações sejam feitas em cima dos interesses da população. A Justiça já anda com dificuldades e não podemos aceitar que seus funcionários colaborem para que ela pare", disse Faver.

O desembargador pediu que as pessoas convocadas para depor compareçam aos foros e que os funcionários compreendam as dificuldades do Estado, que atingem todos os servidores e seu pagamento. "Mas não será uma greve, que vai atingir a população, que mudará alguma coisa", concluiu. (TJ-RJ)

Revista Consultor Jurídico, 16 de janeiro de 2003, 20h53

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 24/01/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.