Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Desconto polêmico

TRT de SP julga dissídio de greve da Ceagesp nesta quarta-feira

O dissídio de greve dos funcionários da Central de Entrepostos e Armazéns Gerais do Estado de São Paulo (Ceagesp) será julgado nesta quarta-feira (8/1), às 16h. A juíza Dora Vaz Treviño será a relatora do processo.

Os funcionários da Ceagesp estão em greve há uma semana em razão do desconto de 2,65% dos salários dos funcionários. Segundo o sindicato dos trabalhadores, a empresa começou a descontar esse percentual a partir de 1º de janeiro de 2003.

Em 2000, o Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo concedeu reajuste de 6% aos empregados da Ceagesp. A empresa recorreu ao Tribunal Superior do Trabalho, que reformou a decisão anterior.

O Sindicato dos Empregados em Empresas de Abastecimento de Alimentos do Estado de São Paulo (Sindibast) e representantes da Ceagesp tiveram uma audiência de conciliação, na última terça-feira (7/1), no TRT-SP, mas não chegaram a um acordo.

Durante a audiência, a juíza Vania Paranhos propôs que os salários recebidos hoje pelos trabalhadores não sejam modificados. Ela sugeriu também que o valor reduzido por decisão do TST seja considerado como antecipação do próximo reajuste salarial, a ser definido na próxima database.

A proposta foi aceita pela Ceagesp, mas o Sindibast afirmou que só aceitaria se a empresa se comprometesse que não tentaria suspender essa cláusula econômica, no próximo Dissídio Coletivo da categoria.

O sindicato dos trabalhadores concordou parcialmente com o pedido de retorno imediato ao trabalho, feito pela juíza Paranhos. Os empregados aceitaram manter em funcionamento toda a atividade essencial da empresa e paralisar apenas as atividades administrativas.

Revista Consultor Jurídico, 8 de janeiro de 2003, 12h26

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 16/01/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.