Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Nada de greve

Metrô e metroviários aceitam proposta e fecham acordo no TRT de SP

Metroviários e representantes da Companhia do Metropolitano de São Paulo Transportes chegaram a um acordo nesta segunda-feira (6/1). A proposta foi aceita pelas partes, pouco antes do julgamento, em audiência de conciliação.

A proposta do TRT-SP aceita pelas partes prevê que os funcionários vão receber a antecipação da PLR no dia 27 de janeiro, acrescida de 1% além da correção monetária.

Os agentes e, agora também, os supervisores de segurança, receberão o adicional de risco de vida já a partir deste mês. O benefício relativo ao mês de dezembro será pago pelo Metrô em folha suplementar até o dia 15/1.

O TRT também concedeu estabilidade de 90 dias aos metroviários a contar do dia 4 de dezembro de 2002.

Agora, a proposta será levada pelo Sindicato dos Metroviários para aprovação em assembléia da categoria. Em seguida, ela será homologada pelo TRT-SP.

Revista Consultor Jurídico, 6 de janeiro de 2003, 16h47

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 14/01/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.