Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

'Operação Dilúvio'

Vidigal presta depoimento sobre denúncias reveladas pela Folha

O vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministro Edson Vidigal, depõe na tarde desta quarta-feira (26/2) na Superintendência Regional da Polícia Federal em Cuiabá (MT). O depoimento do ministro será colhido pela delegada da PF Mirângela Batista Leite, que preside as investigações da chamada "Operação Dilúvio".

Segundo Vidigal, o objetivo do encontro é esclarecer as denúncias "injuriosas" que envolvem o nome do ministro publicadas na "Folha de S. Paulo".

O ministro disse que sua ida à PF ficou combinada após o envio de fax, na manhã desta quarta, ao superintendente da PF, delegado André Soares. Na ocasião, Vidigal se colocou à disposição para depor sobre o assunto.

A delegada, então, fez contato com os assessores do vice-presidente e acertou a visita à Superintendência da PF. Segundo ela, o juiz da 3ª Vara Federal, César Augusto Dearsi, determinou, na terça-feira (25/2), a abertura de inquérito para tratar do assunto.

De acordo com o ministro, essa conversa na PF somente está sendo possível porque ele já tinha agendado compromissos em Cuiabá. (STJ)

Revista Consultor Jurídico, 26 de fevereiro de 2003, 9h08

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 06/03/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.