Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Dissídio julgado

Operadores de guindastes de Santos conseguem reajuste de 9,5%

O Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região concedeu, nesta quinta-feira (20/2), reajuste de 9,5% para os operadores de guindastes do Porto de Santos (SP).

A decisão é da Seção Especializada em Dissídios Coletivos do Tribunal, que acatou, por maioria, o voto do relator, juiz José Roberto Carolino.

Figuram como partes nesse dissídio o Sindicato dos operadores em aparelhos guindastescos, empilhadeiras, máquinas e equipamentos transportadores de carga dos portos e terminais marítimos e fluviais do Estado de São Paulo (Sindogeesp) e o Sindicato dos Operadores Portuários do Estado de São Paulo (Sopesp).

Dissídio Coletivo: 00053/2002-6

Revista Consultor Jurídico, 20 de fevereiro de 2003, 17h24

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 28/02/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.