Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Eficácia garantida

STJ recebe Certificado ISO 9001 por distribuição de processos

O Superior Tribunal de Justiça recebe, nesta quarta-feira (30/4), o Certificado de Qualidade ISO 9001:2000, da Fundação Carlos Alberto Vanzolini. A certificação será entregue ao presidente da Casa, ministro Nilson Naves, às 15h. O documento atesta a eficiência e eficácia dos serviços prestados pelo STJ nas atividades de autuação, classificação e distribuição dos processos originados no próprio Tribunal.

Em 1999, o STJ foi a primeira Corte Superior do mundo a obter a certificação ISO devido à implantação do Sistema de Qualidade pela Secretaria Judiciária do Tribunal. O Tribunal passou a autuar, classificar e distribuir os processos que entravam no tribunal em conformidade com a Norma ISO 9002/1994. O novo certificado, na verdade, ratifica os excelentes resultados alcançados pelo STJ, que há mais de dois anos adota os padrões usados internacionalmente.

De acordo com os auditores da Fundação, o desempenho alcançado pelo STJ no sistema de autuação, classificação e distribuição de processos é exemplar, uma vez que apenas 2% das organizações certificadas pela ISO conseguem alcançar tamanho nível de excelência na prestação dos serviços, com plena satisfação da clientela da Casa. A auditoria feita no Tribunal não detectou nenhuma desconformidade com a norma-padrão.

De fato, os benefícios trazidos pela adoção da ISO são fáceis de constatar: cerca de 75% dos processos originários chegam às mãos do relator no mesmo dia em que foram autuados. Além disso, a rotinas de trabalho se tornaram muito mais confiáveis, mantendo percentuais de acerto próximos a 100%.

Segundo a diretora da Secretaria Judiciária, Rosângela Silva, as diretrizes estratégicas mantidas por Nilson Naves orientaram as secretarias para o desenvolvimento de metas mais modernas. "Como ferramenta gerencial, o ISO 9001/2000 contribui de forma significativa para a manutenção de uma dinâmica modernizadora, onde é possível analisar sistematicamente os recursos e os pontos críticos das diversas etapas do trabalho", afirmou.

Para o presidente do STJ, a implantação do Sistema de Qualidade no Tribunal transformou a Casa numa referência para os demais setores da administração pública. Segundo Naves, "o Superior Tribunal atualmente é referência para outras instituições". (STJ)

Revista Consultor Jurídico, 29 de abril de 2003, 19h05

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 07/05/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.