Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Judiciário perde

Morre o desembargador Everards Mota e Mattos no DF

O desembargador do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios e ex-procurador do MP-DF, Everards Mota e Mattos, morreu na noite de domingo (27/4) de enfarte. O corpo está sendo velado no saguão do Palácio do Tribunal de Justiça. O sepultamento está marcado para às 16h30, no cemitério Campo da Esperança, na ala dos pioneiros.

Desembargador do Tribunal de Justiça desde setembro de 1994 pelo quinto constitucional do Ministério Público, Mattos compunha a 1ª Turma Criminal. Ele nasceu em Mato Verde, Minas Gerais.

Graduado em Direito pela Universidade de Minas Gerais e pós-graduado em Direito Público Interno, pela AEUDF, onde foi professor decano, o desembargador exerceu diversos cargos de destaque na vida jurídica, como promotor de Justiça de Goiás, defensor público e procurador do MP-DF.

Também ministrou aulas na Escola Superior do MP-DF - onde foi presidente - e na Escola da Magistratura do DF. Casado desde 1964 com Maria do Carmos Mota e Matos, deixa um afilhado, Jerônimo, de 18 anos. (TJ-DF)

Revista Consultor Jurídico, 28 de abril de 2003, 16h19

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 06/05/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.