Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Banco culpado

Justiça condena Santander a indenizar por incluir nome na Serasa

O banco Santander foi condenado a indenizar João Barbosa Nogueira em R$ 24 mil por danos morais, por ter incluído, indevidamente, o nome dele em cadastro de inadimplentes. A empresa ainda pode recorrer.

Em função da inclusão de seu nome no banco de dados da Serasa, Nogueira não pôde comprar produtos para revender em sua loja de artigos, o que lhe causou um prejuízo aproximado de R$ 34 mil.

Segundo os autos, o dano material foi comprovado e ressarcido pelo Santander que se negou, no entanto, a pagar o dano moral estabelecido pelo juízo de primeira instância em R$ 7.200. O banco, então, recorreu ao TJ-PR.

Em votação unânime, os desembargadores decidiram elevar a indenização por entender que o banco agiu com culpa ao mandar o nome de Nogueira, sem qualquer cuidado ou conferência, para o cadastro de maus pagadores. (TJ-PR)

Revista Consultor Jurídico, 23 de abril de 2003, 19h21

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 01/05/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.