Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Alta constante

Pesquisa do Procon paulista indica que juros subiram em abril

Levantamento feito pela Fundação Procon de São Paulo aponta que as taxas de juros bancários continuam subindo no Brasil. A taxa média de empréstimo pessoal dos bancos pesquisados foi de 6,22% em abril. O dado indica uma alta de 0,12 pontos percentuais em relação à de março. Nenhuma queda foi constatada na taxa de juros do empréstimo pessoal.

Quanto ao cheque especial, a taxa média dos bancos pesquisados também subiu. Os juros de abril foram 9,49%, enquanto os de março ficaram em 9,44%. Também não houve constatação de queda nos juros do cheque.

Os dados foram coletados nos dias 8 e 9 de abril e envolveu treze instituições financeiras: HSBC, Banespa, Bradesco, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Banco Bilbao Vizcaya Brasil - BBV, Itaú, Santander, Nossa Caixa, Real, Unibanco, Mercantil de São Paulo e Banco de Crédito Nacional (BCN).

Considerando que existe a possibilidade de variação da taxa do empréstimo pessoal em função do prazo do contrato, foi estipulado o período de 12 meses, já que todos os bancos pesquisados trabalham com este prazo. Vale lembrar, também, que os dados coletados referem-se a taxas máximas pré-fixadas para clientes não preferenciais, sendo que para o cheque especial foi considerado o período de 30 dias.

As tabelas completas podem ser consultadas nos postos de

atendimento pessoal do Procon-SP ou pelo site www.procon.sp.gov.br. (Procon-SP)

Revista Consultor Jurídico, 17 de abril de 2003, 17h07

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 25/04/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.