Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Contas no Uruguai

Ministério Público quer bloquear contas de João Arcanjo Ribeiro

O Ministério Público irá pedir o bloqueio dos US$ 45 milhões encontrados em contas bancárias uruguaias do empresário matogrossense João Arcanjo Ribeiro, conhecido como comendador. O pedido, de acordo com a Agência Brasil, será feito por meio do Ministério da Justiça.

O saldo bancário foi localizado após a apreensão de documentos na casa de Arcanjo, em Montevidéu, depois que ele foi preso pela polícia uruguaia, na semana passada. O governo brasileiro ainda tenta uma extradição rápida de Arcanjo, apesar de o Uruguai já ter manifestado a intenção de processá-lo por falsidade ideológica.

No Brasil, o empresário é acusado por homicídio, formação de quadrilha, tráfico de drogas, corrupção, exploração de jogo do bicho e de caça-níqueis, entre outros crimes.

Revista Consultor Jurídico, 17 de abril de 2003, 18h56

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 25/04/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.