Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Integração digital

Portal Entijus vai oferecer novos serviços dos Tribunais estaduais

O portal Entijus - Entidade de Tecnologia da Informação das Justiças, a ser criado nos próximos dias na rede mundial de computadores, vai integrar os Tribunais de Justiça estaduais através de tecnologia de informação. O objetivo é ampliar a qualidade dos serviços oferecidos pelo Judiciário, garantindo consistência e confiabilidade das informações disponibilizadas aos usuários.

O determinação de colocar o portal Entijus na Internet é do Comitê Executivo formado pelos profissionais em informática atuando nos Tribunais de Justiça estaduais, conforme relatório que os servidores Arnaldina Chagas e Riberval Saraiva, da Coordenadoria de Informática do TJ de Rondônia, preparam para apresentar ao presidente do Tribunal de Justiça rondoniense, desembargador Gabriel Marques de Carvalho.

A coordenadoria de Informática do Tribunal de Justiça, Arnaldina Chagas, explica que o Entijus oferecerá uma gama de serviços, destacando o "Rol de Culpados", uma página com informações fugitivos da Justiça, condenações, e todo o tipo de informações sobre apenados. As consultas a essa página serão integradas, com acesso às bases de dados em cada Estado. Já Riberval Saraiva, diretor de Suporte Técnico da Coordenadoria de Informática do TJ-RO, destaque que o grande diferencial do Entijus será o envolvimento dos técnicos em informática de todos os Tribunais de Justiça.

Arnaldina e Riberval retornaram no final da semana de Sergipe, onde participaram do Encontro de Tecnologia da Informação das Justiças Estaduais. O Encontro discutiu, entre outros temas, a necessidade de promover ações de curto prazo que se concretizem em benefício imediato para a sociedade e também a necessidade de solidificar a imagem do Entijus, divulgando a entidade em âmbito nacional, fortalecendo sua identidade.

O portal Entijus terá suas páginas hospedadas nos servidores do Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe, mas uma base de dados em todos os demais Tribunais de Justiça estaduais, para acesso aos dados de cada Estado. O banco de dados serão alimentados pelos Tribunais, através do sistema conhecido como "Web Services". O portal será, também, um disseminador de iniciativas e serviços e gerenciado pelos programadores de informática dos Tribunais de Justiça, lembra Riberval Saraiva.

Nos próximos, a página do TJ Rondônia deverá apresentar novidades em seu formato, navegabilidade, menu de serviços e outras inovações "que certamente vão agradar aos internautas que há dois anos, consecutivos, ajudam a manter o site do Judiciário de Rondônia entre os três melhores regionais", lembra Arnaldina Chagas.

Fonte: TJ-RO.

Revista Consultor Jurídico, 16 de abril de 2003, 4h03

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 24/04/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.