Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

'Apenas indícios'

Naves diz que a decisão do STJ sobre Leal deve ser respeitada

A abertura do processo administrativo e o afastamento do ministro Vicente Leal de suas atividades devem ser respeitados. Esta é a opinião do presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministro Nilson Naves. Leal é acusado de estar envolvido com a suposta venda de hábeas corpus a traficantes.

A Comissão Especial do STJ designada para investigar Leal achou apenas indícios, afirmou Naves. "As provas serão feitas agora durante o processo. Foi feita uma sindicância e agora é que está sendo aberto o processo. Indício não quer dizer prova", disse o ministro

Segundo Naves, as investigações serão rápidas e não devem demandar mais de dois meses. "Ele (Leal) vai responder ao processo e terá o direito de apresentar provas. Após o que, o processo irá a julgamento. Vamos esperar que se faça a instrução. Não vamos adiantar juízo nenhum", concluiu. (STJ)

Leia também:

2/4/2003 - Sob investigação

STJ decide pelo afastamento do ministro Vicente Leal

Revista Consultor Jurídico, 3 de abril de 2003, 16h30

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 11/04/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.