Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Cravo e ferradura

Lula abalou disputa pelo comando do TRF-3 ao nomear juiz

Ao nomear nesta terça-feira (1º/4) o juiz Sérgio Nascimento para vaga existente no Tribunal Regional Federal de São Paulo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva abalou a disputa pelo comando do Tribunal.

É que os dois grupos que medem forças para tomar conta da presidência do TRF passaram a ter treze integrantes cada um. Até hoje pela manhã, antes do encontro do ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos com o presidente Lula, um dos grupos estava à frente por um voto (13 X 12). A eleição deve ser na quinta-feira, depois de amanhã.

A queda de braço pode ser desempatada novamente, caso o Superior Tribunal de Justiça resolva afastar o juiz Roberto Haddad, cujo destino será decidido junto com o do ministro Vicente Leal.

A temperatura no TRF da 3ª Região não pára de subir. Nas fileiras da ala supostamente prejudicada, o clima nesta terça-feira era de rebelião contra o ministro da Justiça e contra o Planalto pela nomeação do juiz que votaria com o grupo agora predominante.

Contudo, Thomaz Bastos deu uma no cravo e outra na ferradura. Na verdade, o grupo que perdeu a vantagem tentou bloquear a nomeação de sete novo juízes para o TRF, aprovados pela outra ala. Dizia-se que os candidatos pelo critério de antiguidade deveriam ser promovido intercalados com os candidatos às vagas por merecimento.

O governo, aparentemente, aceitou o raciocínio. Mas fez ao menos uma nomeação em tempo hábil para a participação do nomeado na eleição desta quinta. O presidente do TRF, Márcio de Moraes, marcou a posse para esta quarta-feira.

Mas o grupo que se diz prejudicado queria que ninguém fosse nomeado. A nomeação foi descrita como "intervenção na política interna do tribunal", por um de seus integrantes.

A respeito do assunto, leia também:

5/3/03 -- Ronco da cuíca

Nem carnaval esfria ânimos no TRF da 3ª Região

12/3/03 -- Hora de explicar

Ministro intima 13 juízes para prestar informações

Revista Consultor Jurídico, 1 de abril de 2003, 20h42

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 09/04/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.