Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Anamatra opina

Hugo Melo diz que Justiça do Trabalho deve julgar trabalho escravo

Os juízes do trabalho estão comemorando o resultado parcial da pesquisa feita pelo site Consultor Jurídico sobre a competência para julgamento de casos de trabalho escravo. Por enquanto, dos 901 votantes, 64% defendem que cabe à Justiça do Trabalho e não à Justiça Federal (35%) julgar casos de trabalho forçado.

Para o presidente da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), Hugo Melo Filho, os operadores do Direito entendem que cabe ao Judiciário Trabalhista julgar as infrações praticadas contra a organização do trabalho, em especial o trabalho escravo, pela maior intimidade que tal ramo do Poder Judiciário tem com a matéria.

“Estamos mais capilarizados pelo interior do país, o que facilitará a identificação das irregularidades”, reforça o juiz.

Revista Consultor Jurídico, 26 de setembro de 2002, 15h37

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 04/10/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.