Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Eleições 2002

Serra não consegue direito de resposta no programa de Lula

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral, Gerardo Grossi, julgou improcedente pedido do candidato José Serra contra o adversário, Luiz Inácio Lula da Silva.

O tucano queria direito de resposta no programa de rádio do PT por causa de supostas ofensas que teriam sido feitas no dia 19 de setembro. Serra considerou ofensivas as observações usadas pelo partido do adversário para falar sobre baixaria.

Grossi afirmou que o programa de rádio usou a expressão baixaria sem, obviamente, mostrar coisa alguma. "O vocábulo tornou-se de uso corriqueiro e tem-se prestado para qualificar as mais diversas situações. É utilizado, às vezes, para avaliar a conduta de duas pessoas que conversam, entre elas, insistentemente, por exemplo, em um solene culto de defunção. Ou para avaliar a conduta de um jogador de futebol que, tendo falta punida pelo árbitro, se dirige a ele com impropérios e palavrões", observou o ministro.

Representação 518

Revista Consultor Jurídico, 24 de setembro de 2002, 17h07

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 02/10/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.