Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Pedido rejeitado

TSE não suspende propaganda de Serra a pedido de Lula

A coligação Lula Presidente, do candidato Luiz Inácio Lula da Silva, não conseguiu suspender propaganda eleitoral do adversário José Serra. O ministro do Tribunal Superior Eleitoral, Gerardo Grossi, negou liminar para coligação Lula Presidente.

Os advogados de Lula alegaram que a Coligação Grande Aliança insinuou, no dia 19 de setembro, que as propostas do candidato do PT para a instalação de farmácias populares são idênticas às do candidato ao governo de São Paulo, Paulo Maluf.

"Neste exame preliminar, não diviso os suportes para a concessão da liminar, que indefiro", decidiu o ministro.

Representação 523

Revista Consultor Jurídico, 24 de setembro de 2002, 17h05

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 02/10/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.