Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Ação exemplar

Francisco Fausto diz que prisão de Elias Maluco serve de exemplo

O presidente do Tribunal Superior do Trabalho, ministro Francisco Fausto, afirmou que a prisão do traficante Elias Maluco funcionará como um indicativo de que as polícias de outras capitais brasileiras também são capazes de capturar criminosos de renome.

Para ele, foi inaugurada uma nova etapa no relacionamento entre a sociedade e a Polícia. "A prisão de um bandido de grande porte e que vinha dificultando a ação da Polícia do Rio de Janeiro e do Judiciário deve ser tida como exemplo", disse o ministro.

Francisco Fausto afirmou que o Judiciário deve promover uma modificação significativa na Legislação Penal para garantir o resultado das ações policiais, sobretudo no que diz respeito a habeas corpus e redução de pena.

Para o presidente do TST, esses dois instrumentos representam muito para o cidadão comum, mas infelizmente têm beneficiado somente os bandidos. Fausto disse que não defende a extinção do habeas corpus, mas disse que "a concessão desse instrumento deve ser precedida de pressupostos muito mais rigorosos", afirmou o ministro.

Revista Consultor Jurídico, 20 de setembro de 2002, 19h38

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 28/09/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.