Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Sob suspeita

STF recebe notícia-crime contra ministro do Esporte e Turismo

A Justiça Federal encaminhou ao Supremo Tribunal Federal Notícia - Crime contra o ministro do Esporte e do Turismo, Caio Luiz de Carvalho. No despacho, o juiz federal substituto da 12ª Vara, Ronaldo Desterro, rejeitou a competência para processar e julgar a matéria por envolver o ministro de Estado.

A representação atribui a Carvalho, quando era presidente da Empresa Brasileira de Turismo (Embratur), a suposta prática do crime de prevaricação. A ação foi ajuizada em outubro de 2001 pelo chefe da divisão financeira da Embratur, Og Tanios Nemer, contra Caio Luiz de Carvalho e o chefe do departamento de finanças, João Elias Cardoso.

O ex-presidente da Embratur é acusado de não ter tomado providências para apurar a denúncia contra João Elias Cardoso. Ele teria usado indevidamente a senha pessoal de Og Tanios Nemer para efetuar uma ordem de pagamento.

Inq 1.846

Revista Consultor Jurídico, 18 de setembro de 2002, 18h15

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 26/09/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.