Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Perda de tempo

Genoíno perde tempo na propaganda eleitoral por invasão de horário

O juiz auxiliar do Tribunal Regional Eleitoral, Décio Notarangeli, aceitou representação da coligação "São Paulo em Boas Mãos", do candidato Geraldo Alckmin, e condenou a coligação "São Paulo quer Mudança", do candidato José Genoíno, a perder 30 segundos da propaganda eleitoral em bloco, para governador, que seria veiculada na TV, no período da noite.

Na propaganda do dia 7/9 foi divulgada pesquisa eleitoral referente às eleições para governador. O programa destacou o desempenho de José Genoíno em relação às últimas pesquisas e, comparativamente, ao candidato Geraldo Alckmin.

De acordo com a sentença, a pesquisa foi veiculada durante o horário da propaganda reservado aos candidatos proporcionais, o que é vedado pela legislação eleitoral.

Revista Consultor Jurídico, 17 de setembro de 2002, 19h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 25/09/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.