Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Outro não

TSE nega direito de resposta para Ciro em programa de Serra

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral, Humberto Gomes de Barros, negou, nesta sexta-feira (13/9), pedido de direito de resposta do candidato à Presidência, Ciro Gomes, no programa do adversário, José Serra.

Na representação Ciro Gomes alegou que, em várias inserções, a coligação Grande Aliança divulgou montagem com sua foto distorcida, acompanhada da pergunta: Ciro Gomes - solução ou problema?

O ministro afirmou que a jurisprudência da Corte considera lícito o artifício de submeter a julgamento público, atitudes capazes de traduzir suposto despreparo do adversário, para o exercício do cargo em disputa.

Segundo o ministro Gomes de Barros a utilização em pose de sisudez, não ultrapassa limites traçados em acórdão pelo TSE. Ele observou também que Ciro Gomes não se queixou ao TSE de nenhuma inverdade a ser corrigida, não se tratando o caso de desmentido.

Representação 467

Revista Consultor Jurídico, 13 de setembro de 2002, 17h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 21/09/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.