Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Punição eleitoral

Justiça eleitoral tira 20 segundos do programa de Garotinho

O ministro Gerardo Grossi, do Tribunal Superior Eleitoral, determinou que o candidato à Presidência pelo PSB, Anthony Garotinho, perca 20 segundos de seu programa eleitoral em bloco. A punição somente será aplicada quando a decisão se tornar definitiva.

O ministro Grossi analisou a decisão que considerou propaganda indevida a participação de Garotinho, no dia 21 de agosto, no espaço publicitário reservado a seus correligionários em Minas Gerais.

O ministro julgou procedente a representação(443) ajuizada pelo candidato tucano José Serra e considerou prejudicado o agravo de Garotinho.

Segundo constatou o ministro Geraldo Grossi, Garotinho usou o programa da candidata de seu partido ao governo mineiro, Margarida Vieira, para promover sua própria campanha. O ministro já havia proibido que o programa fosse novamente exibido em rede estadual.

Revista Consultor Jurídico, 12 de setembro de 2002, 20h59

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 20/09/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.