Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Redução de custos

Servidor público federal poderá receber o contracheque por e-mail

A partir de agora, os servidores públicos federais - ativos, inativos e aposentados - poderão receber seus contracheques por correio eletrônico (e-mail). A Secretaria de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão está oferecendo o serviço já para o contracheque do mês de agosto.

Para recebê-lo atualizado, todos os meses, basta o servidor acessar o endereço www.siapenet.gov.br e fornecer a senha que todos têm cadastrada para entrar no Sistema Siapenet. Caso alguém não se lembre da senha, é possível obtê-la no mesmo local, fornecendo a identificação única de nove dígitos. Os servidores públicos recebem esta identificação, todos os meses, nos contracheques impressos que são entregues pelas unidades pagadoras (está na folha de rosto, ou seja, na parte externa do contracheque, abaixo da matrícula Siape).

Uma vez fornecidos os dados de forma correta, é aberta uma caixa de diálogo onde é oferecido ao servidor o "Termo de Opção", autorizando a Secretaria de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento a enviar o contracheque pelo correio eletrônico. Ao preenchê-lo estará autorizando, automaticamente, a suspensão da emissão do contracheque em papel.

No entanto, o servidor continuará podendo consultar e imprimir os contracheques dos últimos doze meses, autenticados por meio do Sistema Siapenet, opção que já lhe é facultada há algum tempo.

Para o secretário-adjunto de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento, Antônio Casella, a medida, além de tornar mais ágil o atendimento ao servidor, também significará, a médio prazo, uma economia significativa para o Governo Federal.

Isto se traduzirá em redução de custos para a administração pública, já que haverá menor gasto de papel e tinta para impressão, e menos despesas com remessa, guarda em local apropriado e utilização de pessoal para distribuição.

"Mas o ganho maior será do servidor, que receberá seu contracheque automaticamente no e-mail, assim que a folha de pagamentos esteja processada. Com isto, poderá programar melhor seus compromissos", explica Casella. "Hoje, o contracheque em papel só é entregue cerca de cinco a seis dias depois que a folha fica pronta".

Fonte: Governo Eletrônico, Ministério do Planejamento.

Revista Consultor Jurídico, 3 de setembro de 2002, 11h24

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 11/09/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.