Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Olhos no futuro

Prodasen coloca em debate o futuro da informática no Senado Federal

Ao comemorar 30 anos de existência, o Centro de Informática e Processamento de Dados do Senado Federal (Prodasen) estará com os olhos no futuro: a partir do mês que vem, um ciclo de palestras promovido pela associação de servidores do órgão colocará em evidência temas como o aperfeiçoamento do atendimento aos gabinetes de senadores e a modernização do processo legislativo.

"Queremos colocar em debate o futuro da informática no Senado Federal", antecipa Geraldo Braga Filho, presidente da Associação dos Servidores do Prodasen (Ascip), coordenador da agenda de eventos que marcará o aniversário.

Braga classifica como prioritária a melhoria dos serviços prestados aos gabinetes. Dessa forma, acredita, os senadores terão à disposição informação em quantidade e qualidade suficientes para que possam exercer cada vez melhor os seus mandatos legislativos. A ampliação do processo de informatização do processo legislativo também poderá, na opinião do presidente, contribuir para o aperfeiçoamento das atividades do Senado.

As festividades começaram no dia 12 de outubro, quando se celebraram os 30 anos do Prodasen, e deverão estender-se por quatro meses. Além de um coquetel previsto para o dia 30 e do ciclo de palestras, haverá uma exposição comemorativa, na qual se destacará o papel do órgão ao longo das três últimas décadas.

Entre os temas tratados na exposição, estarão a participação do Prodasen em eventos importantes da história brasileira recente, como a Assembléia Nacional Constituinte de 1988 e as comissões parlamentares de inquérito (CPIs), o novo painel eletrônico do Plenário e a segurança da rede mantida pelo Prodasen.

Segundo Braga, a rede do Senado é atualmente uma das maiores da América Latina. Toda composta por cabos de fibra ótica, ela atende a mais de cinco mil pontos e tem como principal referência a confiabilidade do sistema.

Para o diretor de Ciência e Tecnologia da Ascip, Constantin Metaxa Kladis, a celebração do trigésimo aniversário coincidirá com um "momento de retomada" do Prodasen. Ele recordou o pioneirismo das atividades do centro, que colocou toda a legislação nacional à disposição do público por meio eletrônico, e apostou na capacidade do órgão de se manter atualizado em relação às modernas tendências técnicas contemporâneas. "Tudo que se pensar em termos de tecnologia da informação, o Senado Federal tem", observa Kladis.

Fonte: Agência Senado.

Revista Consultor Jurídico, 21 de outubro de 2002, 18h54

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 29/10/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.