Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Eleições 2002

Justiça eleitoral multa candidatos por propaganda irregular em SP

Os juízes auxiliares do Tribunal Regional Eleitoral condenaram por os candidatos a deputado estadual Alberto Hiar (Turco Loco-PSDB), Antonio Salim Curiati (PPB), Enio Francisco Tatto (PT) e Kleber Amancio Costa (PSDB), os candidatos a deputado federal João Serrano (PTB), Ricardo Zarattini Filho (PT), Sérgio Yamato (PSDB) e Walter Barelli (PSDB) e o candidato a senador Orestes Quércia (PMDB) propaganda irregular.

Cada um foi multado em R$ 5.320,50. Tatto, Zarattini e Serrano foram multados em duas representações cada, devendo pagar R$ 10.641,00. Segundo o TRE-SP, os candidatos afixaram banners e placas em postes de sustentação de sinal de tráfego, colagem de cartazes e inscrição à tinta em bens públicos. Cabe recurso ao TRE.

Revista Consultor Jurídico, 15 de outubro de 2002, 17h08

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 23/10/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.