Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Novos ventos

Presidentes do STF e do TST obtêm R$ 20 mi para TRT-SP

A presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região, Maria Aparecida Pellegrina anuncia nesta sexta-feira (11/10) a notícia mais esperada pelos advogados e juízes do Trabalho de São Paulo: a liberação do lote de verbas que permitirá a continuidade das obras do Fórum Trabalhista regional.

O governo federal pretendia liberar apenas R$ 15 milhões, mas com a interferência dos presidentes do Supremo Tribunal Federal e do Tribunal Superior do Trabalho, Marco Aurélio e Francisco Fausto, respectivamente, foram liberados os R$ 20 milhões necessários para as obras - o que diminui para R$ 25 milhões o saldo necessário para a conclusão do complexo judiciário trabalhista.

Para evidenciar as dificuldades da justiça trabalhista de São Paulo, a juíza Pellegrina levou a Brasília fotos e relatórios sobre o andamento das obras e sobre o precário funcionamento das varas localizadas em prédios na iminência da interdição.

Enquanto os presidentes do STF e do TST acercaram-se dos ministros de Estado com poderes para influir nas verbas, Pellegrina reuniu-se com o presidente do Tribunal de Contas da União, Humberto Souto e com o relator da polêmica obra, Adylson Mota.

Com a liberação da parcela que falta, acredita a juíza, será possível concluir o Fórum - cuja previsão de término é de dois anos - dentro dos próximos treze meses.

Revista Consultor Jurídico, 10 de outubro de 2002, 19h01

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 18/10/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.