Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Julgamento adiado

Advogado é acusado de crime de injúria contra general do Exército

Ministros do Supremo Tribunal Federal começaram a julgar pedido de habeas corpus de um advogado acusado de crime de injúria. O advogado recorreu ao STF para pedir o trancamento da ação penal. Ele é acusado de injuriar um general do Exército.

Com base no estatuto da OAB, o ministro Nelson Jobim, relator do processo, concedeu o habeas corpus. Para ele, a questão está inserida no contexto da imunidade material do advogado.

Segundo Jobim, há nexo causal entre o fato imputado e a defesa exercida pelo advogado. O julgamento foi interrompido porque o ministro Carlos Velloso pediu vistas do processo.

RHC: 82.033

Revista Consultor Jurídico, 1 de outubro de 2002, 17h10

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 09/10/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.