Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Lavagem de dinheiro

Naves instala comissão para estudar combate à lavagem de dinheiro

O presidente do Conselho da Justiça Federal, Nilson Naves, instala nesta terça-feira (1/10) uma comissão de especialistas encarregada de propor medidas para combater a lavagem de dinheiro no Brasil.

O número de processos sobre o crime de lavagem de dinheiro que chega à Justiça Federal é insignificante. Pesquisa feita pelo CJF mostra que 87% dos juízes federais entrevistados nunca receberam denúncia sobre crimes de lavagem de dinheiro. Para acabar com as dificuldades no andamento dos processos e corrigir os problemas na aplicação da lei, foi criada a comissão por uma portaria assinada por Naves.

A comissão é composta por juízes federais, procuradores da República, delegados federais e representantes do Banco Central, da Receita Federal e da Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) e especialistas do Conselho de Atividades Financeiras (Coaf).

A comissão será presidida pelo ministro Gilson Dipp, do STJ, que coordenou os estudos do CJF. Atualmente, ele preside a Quinta Turma do STJ, especializada em Direito Penal.

A instalação da comissão será feita pelo ministro Nilson Naves e acontecerá no auditório do Conselho da Justiça Federal. Logo após o evento, a comissão se reunirá para a primeira reunião de trabalho. Será definido o cronograma das reuniões e a pauta de debates.

Os participantes do grupo são os juízes federais Ali Mazloum, Abel Fernandes Gomes e Salise Monteiro Sanchotene; os procuradores da República Celso Três e Marcelo Antônio Ceará Serra Azul; os delegados federais Rodney Rocha Miranda e Luís Fernando Ayres Machado; os especialistas Antônio Juan Ferreiro Cunha e Flávia Maria Carneiro Bicalho, do Banco Central, e Márcia Klinke dos Santos e Francisco Roberto Baccelli, da Federação Brasileira de Associações de Bancos; os auditores fiscais da Receita Federal José Carlos Guimarães e Emildo Willis Pereira da Silva, os especialistas do Conselho de Atividades Financeiras (Coaf) José Roncato e Francisco Carlos de Matos Félix. A comissão será secretariada pela servidora Eunice de Alencar Mendes, do Centro de Estudos Judiciários

Revista Consultor Jurídico, 1 de outubro de 2002, 15h03

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 09/10/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.