Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Pais punidos

Casal é condenado por tentar matar filha recém-nascida no RS

A 1ª Vara do Júri de Porto Alegre (RS) condenou o casal Márcia Alves Santos e Marco Aurélio da Silva Santos. Motivo: crimes de tentativa de aborto e duas tentativas de homicídio contra a filha recém-nascida.

Márcia cumprirá pena de 24 anos e oito meses de reclusão e Marco Aurélio, 21 anos e quatro meses de reclusão, segundo o site Espaço Vital.

Depois do nascimento prematuro de sua filha, por ingestão de medicação abortiva (Citotec), Márcia e seu marido tentaram afogar o bebê no vaso sanitário. Como não teve êxito, Marco Aurélio colocou o bebê em um saco de lixo e jogou-o num terreno baldio em frente a sua casa.

A criança foi encontrada por PMs e levada ao hospital onde foi socorrida. Os fatos ocorreram nos dias 5 e 6 de novembro de 2000. Na época, o processo tramitou no Juizado da Infância e Juventude, que decidiu que o bebê deveria ficar com a avó materna.

Processo nº 105414339

Revista Consultor Jurídico, 28 de novembro de 2002, 11h11

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 06/12/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.