Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Renda fixa

Justiça decide pedidos sobre prejuízos causados por fundos de renda

A Justiça Federal de Brasília deve decidir, nas próximas semanas, pedidos do Ministério Público Federal em quatro ações de civis públicas cumuladas com ações de improbidade.

O Ministério Público requer a reparação dos prejuízos causados aos investidores de fundos de renda fixa em decorrência da implementação da "marcação a mercado". Também pede a condenação dos réus nos termos da Lei de Improbidade.

Os réus da ação são os bancos Bradesco, Itaú, Banco Central, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e a Comissão de Valores Mobiliários, entre outros.

Em um dos processos, a juíza Solange Salgado recebeu a inicial, mas indeferiu o pedido de antecipação de tutela. A juíza mandou intimar a CVM e o BC para comporem o pólo ativo ao lado do MPF.

Processos: 2002.34.00.033094-4, 2002.34.00.033095-8, 2002.34.00.033092-7 e 2002.34.00.033093-0 — 1ª Vara do Distrito Federal.

Revista Consultor Jurídico, 26 de novembro de 2002, 13h42

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 04/12/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.