Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Competitividade

Programa de Governo Eletrônico é reconhecido mundialmente

O Programa Governo Eletrônico vem se transformando numa das vedetes da administração federal. Após receber destaque no 7º Concurso de Inovações na Gestão Pública Federal - Prêmio Hélio Beltrão, pela implantação do Pregão Eletrônico, a equipe da Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento esteve na França divulgando a experiência brasileira, em especial o Portal de Compras do Governo Federal, ComprasNet.

Considerado um dos mais completos sistemas de compras governamentais via Internet, o ComprasNet servirá de exemplo para o acordo de transparência em compras governamentais da Organização Mundial do Comércio (OMC).

Graças aos avanços obtidos nos últimos anos no setor de telecomunicações e principalmente pela introdução do governo eletrônico (e-gov) implementado pelo Governo Federal, o Brasil ocupa o primeiro lugar no ranking de competitividade na infra-estrutura de rede de tecnologia da informação de toda América Latina.

A liderança brasileira foi apontada por um estudo de "Networked Readiness" abrangendo 82 países, elaborado pelo Fórum Econômico Mundial, em parceria com o INSEAD (uma das maiores escolas de formação de executivos do mundo) e o Programa de Informação para o Desenvolvimento do Banco Mundial (infoDev).

A informação foi divulgada durante a primeira Cúpula de Negócios da América Latina, promovido pelo Fórum Econômico Mundial, no final de novembro, no Rio de Janeiro. O mesmo estudo colocou o País em 8º lugar nos rankings governamentais para oferecimento de serviços on-line e uso de e-mail para correspondência, em 10º lugar nos rankings de uso de redes informatizadas e uso da Internet para pesquisas, em 11º pela sofisticação da Intranet do governo para transações e negócios, além da 15º colocação mundial no ranking de uso de Internet para transações com o governo.

O estudo do Fórum Econômico mundial colocou o Brasil em 10º lugar no ranking de uso de redes governamentais entre 82 países e em 20º lugar no ranking de "sucesso do governo na promoção das tecnologias de comunicação e informação".

Fonte: Governo Eletrônico.

Revista Consultor Jurídico, 26 de novembro de 2002, 18h13

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 04/12/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.