Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Acordo postergado

Metalúrgicos e empresários adiam negociação no TRT da 2ª região

A negociação entre metalúrgicos e empresários vai continuar na próxima quinta-feira (28/11) no Tribunal Regional do Trabalho da 2ª

Região. Eles tiveram duas audiências de conciliação nesta quinta-feira (21/11) para discutir dois dissídios coletivos de greve. A audiência foi presidida pelo juiz João Carlos de Araújo, vice-presidente judicial do

TRT.

De um lado da mesa sentaram representantes da Federação das

Indústrias do Estado de São Paulo e de mais dez sindicatos

patronais e, do outro, dirigentes de duas Federações de Trabalhadores e de 51 Sindicatos de Metalúrgicos.

Na primeira audiência da tarde, empresários e dirigentes da Federação dos Metalúrgicos da CUT, do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e de mais onze sindicatos pediram, de comum acordo, o adiamento das negociações por uma semana.

Na outra audiência, entre empresários e dirigentes da Federação

dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de São Paulo, do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas, de Material Elétrico e de Alumínio de Mairinque e mais 46 Sindicatos, ligados à Força Sindical, foi fechado um acordo parcial.

Agora caberá ao TRT julgar a cláusula do dissídio que trata da

garantia de emprego ao trabalhador acidentado.

Revista Consultor Jurídico, 21 de novembro de 2002, 20h16

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 29/11/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.