Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Linha de montagem

Policiais encontram fábrica de armas em apartamento em SP

Policiais do Departamento de Investigações Sobre Narcóticos - Denarc - prenderam o torneiro mecânico Antônio Borges Filho que tinha uma pequena fábrica de armas em um apartamento. No local, ele produzia metralhadoras, pistolas e acessórios para o armamento.

A fábrica funcionava na Vila Antonieta, em São Paulo. Quando os policiais chegaram, um lote de 20 canetas-revólver de um tiro, calibre 22, estava em fase de montagem.

No local também foram apreendidas três submetralhadoras calibre 380, revólveres, uma espingarda, silenciadores e material para fabricação de 14 metralhadoras. O torneiro mecânico também reforçava a ponta de projéteis de fuzil com aço, o que aumenta a capacidade perfurante do projétil. Dezenas de projéteis de vários calibres foram apreendidos.

A produção era feita em maquinário pesado, como tornos e prensas. O material foi apreendido pelos policiais do Grupo Especial de Repressão ao Crime Organizado do Denarc. O acusado, que se reservou o direito de falar em juízo, foi autuado em flagrante por porte de arma. Ele já tem passagem na polícia por receptação.

Revista Consultor Jurídico, 14 de novembro de 2002, 17h04

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 22/11/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.