Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Febem na mira

Febem: Entidades de Direitos Humanos manifestam apoio ao MP.

Entidades de direitos humanos manifestaram apoio ao trabalho do Ministério Público Estadual de São Paulo com relação à Fundação Estadual do Bem Estar do Menor. Os promotores da infância e juventude Ebenézer Salgado Soares, Sueli Riviera e Wilson Tafner, encontraram, no dia 7 de novembro, instrumentos de tortura supostamente usados pelos funcionários para agredirem os internos da unidade 31 da Febem de Franco da Rocha.

O Ministério Público e os juízes da Vara da Infância e Juventude investigavam, desde outubro, casos de tortura e abuso sexual nas unidades 30 e 31 de Franco da Rocha. Na segunda-feira (11/11), integrantes da Comissão de Direitos Humanos da OAB-SP viram que mais de 30 internos tinham marcas recentes de tortura.

As entidades que manifestaram apoio aos procuradores foram a Comissão de Direitos Humanos da OAB-SP, a Pastoral do Menor, Centro de Defesa da Criança e do Adolescente, Conselho Tutelar, Movimento Nacional de Direitos Humanos, Comissão Teotônio Vilela, Grupo Tortura Nunca Mais, Justiça Global, Olha o Menino e a Associação de Mães e Amigos de Crianças e Adolescentes em Risco.

Revista Consultor Jurídico, 14 de novembro de 2002, 19h32

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 22/11/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.