Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Projeto Memória

Projeto Memória da Justiça Federal reunirá ministros do STJ

Os ministros do Superior Tribunal de Justiça, Carlos Augusto Thibau Guimarães e Evandro Gueiros Leite participam, no dia 18 de novembro, no Centro Cultural Justiça Federal, da quarta edição do Projeto Memória da Justiça Federal. Os ministros serão entrevistados pelo diretor geral do CCJF, juiz Federal Paulo Barata. Na ocasião, será feita uma homenagem póstuma ao ministro Jorge Lafayette Pinto Guimarães.

Carlos Augusto Thimbau Guimarães foi ministro do STJ de 1988 a 1992, quando se aposentou. Ele também foi diretor do Foro da Seção Judiciária da Guanabara, ministro do Tribunal Federal de Recursos e diretor da Associação dos Magistrados Brasileiros.

Evandro Gueiros Leite assumiu o cargo de ministro do STJ em 1988, e aposentou-se em 1990. Ele foi presidente do Tribunal Federal de Recursos e do Conselho da Justiça Federal. Também participou de conferências, congressos e missões oficiais no exterior. Foi professor do curso de doutorado da UERJ e, por ter sido professor fundador das Faculdades Integradas Bennet, foi agraciado com o distintivo B de Ouro.

O falecido ministro Jorge Lafayette Pinto Guimarães nasceu no Rio de Janeiro em 1917. Tomou posse como juiz da Justiça Federal em 1967 e foi ministro do Tribunal Federal de Recursos de 1971 a 1973. Entre outras atividades, foi sócio fundador da Seção Brasileira da Associação de Direito do Seguro e da Sociedade Brasileira de Direito Processual Civil.

Nessa primeira fase, o Projeto Memória vai resgatar a história e a memória da Justiça Federal da 2ª Região a partir de 1966, quando a instituição foi recriada. Desde maio, já participaram das entrevistas o juiz federal Silvério Luiz Nery Cabral, o juiz Ariosto de Rezende Rocha, os ministros do Supremo Tribunal Federal, Oscar Dias Corrêa e Aldir Guimarães Passarinho, e servidores aposentados. A segunda fase prevê a recuperação de processos históricos que estão guardados no arquivo da Justiça Federal, no Rio de Janeiro.

Os estudantes de Direito que assistirem às entrevistas e assinarem a lista de presença receberão certificado de três horas de estágio

Revista Consultor Jurídico, 13 de novembro de 2002, 19h05

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 21/11/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.