Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Droga apreendida

Traficantes são presos em flagrante pelo Denarc, em São Paulo.

No início da madrugada desta terça-feira (5/11) policiais do Denarc (Departamento de Investigações Sobre Narcóticos) apreenderam 1,5 kg de cocaína. A apreensão foi feita no Hotel Dona Lu, do bairro Santa Cecília, centro de São Paulo.

A droga estava com a garçonete peruana Fabíola Fausta Mondalgo Yalle, e com a comerciante boliviana Virgínia Rodrigues Moruno. O flagrante foi feito pelo delegado Pedro Luiz Pórrio, da 2ª Dise-Centro. Segundo ele, as mulheres eram investigadas há um mês, como distribuidoras de entorpecente na região central da Capital.

Droga em escolas

Na segunda-feira (4/11), os investigadores da 1ª Dise-Oeste, do Denarc, prenderam, em flagrante, a comerciante Fortunata Maria Giacomo. Ela estava com 48 papelotes de cocaína e um tijolo de maconha prensada de 1 kg.

Fortunata tem passagem na polícia por tráfico de drogas e é acusada de vender entorpecentes nas proximidades da Escola Estadual Ugo Arduini, no Parque Pirajussara, Taboão da Serra (SP), onde foi presa. Além dessa escola, há outros cinco colégios próximos ao boteco usado pela comerciante.

Para conseguir a cocaína, embrulhada em forma de chiclete, o usuário pedia "uma bala de 10". Dez era o preço do papelote da droga.

Revista Consultor Jurídico, 5 de novembro de 2002, 18h04

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 13/11/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.