Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Tentativa frustrada

Contrabandistas tentam subornar funcionários da Receita Federal

Os agentes da Alfândega do Aeroporto Internacional de Guarulhos e policiais federais prenderam em flagrante três pessoas acusadas de contrabando e corrupção ativa. Os detidos são um despachante aduaneiro, um ajudante de despachante e o dono de uma comissária de despachos que também é importador.

Os supostos contrabandistas tentavam liberar uma carga com cerca de 500 quilos de diversas encomendas como aparelhos de DVD, home theaters, rádios HT, notebooks, projetores, monitores de cristal líquido, celulares, partes e peças de informática, máquinas fotográficas digitais e lentes de contato, entre outras.

Na Declaração de Importação constavam apenas bijuterias. Na operação, foram recolhidos apenas R$ 5 mil em impostos.

De acordo com informações da assessoria da Receita Federal, depois da seleção para conferência física de uma Declaração de Importação, os autuados tentaram a liberação da carga usando carimbos falsos e assinatura do auditor fiscal da Receita. Um funcionário da Infraero procurou o auditor para confirmar a assinatura e constatou que mesma era falsa.

Os autuados, então, procuraram a Alfândega para tentar uma negociação. Com a ajuda de dois delegados da Polícia Federal que se fizeram passar por funcionários da Receita, foi feita uma reunião simulando a aceitação da proposta de suborno. Quando os supostos contrabandistas foram entregar o dinheiro do suborno, os policiais deram voz de prisão.

Revista Consultor Jurídico, 28 de março de 2002.

Revista Consultor Jurídico, 28 de março de 2002, 19h41

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 05/04/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.