Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Caso Glória Pires

TJ-RJ reduz indenização em ação de atriz contra jornalista

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro reduziu o valor da indenização na ação movida pela atriz Glória Pires contra a jornalista Vanessa Bueno. Glória Pires processou a jornalista por causa de uma nota publicada envolvendo o seu marido e músico Orlando Morais e a filha Cléo. Segundo a nota, a atriz teria flagrado o marido namorando a enteada.

Em sentença anterior, a jornalista tinha sido condenada a pagar 600 salários mínimos (R$ 108 mil), por danos morais, para cada integrante da família Pires.

De acordo com a nova decisão, cada um deve receber 100 salários mínimos (R$ 18 mil). O desembargador da 18ª Câmara Cível, José de Samuel Marques, considerou que a jornalista não teria condições financeiras para pagar a indenização. Por isso, reduziu o valor.

O advogado Paulo Cezar Pinheiro Carneiro Filho, do escritório Paulo Cezar Pinheiro Carneiro Advogados Associados, que representa a família Pires, informou que vai recorrer da sentença.

Paulo Cezar disse que vai pedir que o Superior Tribunal de Justiça aumente o valor da indenização para 1.200 salários mínimos (R$ 216 mil) para cada um dos ofendidos.

O advogado lembrou o sofrimento da família que teve que morar um tempo nos Estados Unidos por causa da confusão na imprensa brasileira.

Revista Consultor Jurídico, 21 de março de 2002.

Revista Consultor Jurídico, 21 de março de 2002, 16h56

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 29/03/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.