Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Nota ridícula


Comentário sobre a coluna Primeira Leitura de 21/3/2002 publicada no site Consultor Jurídico

Quanto ódio em poucas linhas???? Desafio-o a publicar abertamente TODOS os comentários que surgirão após a publicação de sua coluna. Pode ser que alguns concordem com sua linha de pensamento, mas nem sempre o que parece unanimidade está correto.

Quando Napoleão invadia a Europa, no século 18, muitos o aplaudiam. Quando Hitler em 1940 invadia outros países na Europa e bombardeava Londres muitos achavam que ele estava com a razão; quando a Gestapo prendia muitos achavam que estavam prendendo bandidos; quando a KGB de Joseph Stalin prendia, muitos achavam que eles estavam certos...entretanto mesmo quando há unanimidade isto não significa que a maioria está certa.

Nos últimos 50 anos a China está comunista, e Fidel Castro aterroriza a ilha de Cuba há 42 anos mantendo seu povo escravizado, amordaçado. Naqueles países parece que existe consenso e unanimidade, mas nem por isto pode se dizer que aqueles povos tenham liberdade.

Discordei muito de José Sarney quando ele foi presidente do Brasil, e parte do seu discurso foi em defesa da sua filha Roseana, mas discordo do seu comentário rançoso de que ninguém mais dá bola para ele.

Ninguém chuta cachorro morto. Por que o que está em jogo não é o que José Sarney disse em seu discurso, o que está em jogo aqui é a cara de pau de um grupo (leia-se de José Serra e seu séqüito) em tentar ganhar as eleições com ações truculentas. Lamentavelmente FHC está cercado de uns quantos maus elementos e certos veículos da imprensa está á serviço de uma máfia que quer implantar um regime totalitário ao estilo de Cuba, inclusive parece, esta Revista chamada de "Consultor" Jurídico.

Como diz o ditado popular, nem Papai Noel acredita na história de que NÃO houve espionagem, arapongagem no Maranhão...o dinheiro (R$ 1.340.000,00) havia chegado ao cofre da Lunus 48 horas antes da visita Polícia Federal para "executar" uma ordem judicial de busca e apreensão. Ora foi tudo uma armação. Que Jorge Murad não é um homem ilibado e que muito mais gente tem culpa no cartório ninguém tem duvida. Mas o alvo era outro, era a candidata Roseana Sarney. Só não vê quem não quer ver....

Acho que esta coluna deveria se chamar a 5ª Coluna. E melhor seria o autor se tornar um doador benemérito do Instituto Butantã para a produção de soro anti-ofídico.

Espero ver esta carta publicada na Revista, aliás gostaria que o site fosse reformulado para que os leitores possam ver TODAS as correspondências enviadas, para que haja TRANSPARÊNCIA e que todas as opiniões enviadas sejam do conhecimento de todos.

Atenciosamente,

Marcelo S. Willett

Leia a coluna criticada pelo leitor

Revista Consultor Jurídico, 21 de março de 2002, 18h32

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 29/03/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.