Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Regime fechado

Juiz condena acusados de estuprar e matar fonoaudióloga

O juiz da 37ª Vara Criminal do Rio de Janeiro, Geraldo Prado, condenou os acusados de matar a fonoaudióloga Márcia Maria Lopes Coelho Castro Lira.

O pedreiro Alan Marques da Costa foi condenado a 40 anos e 6 meses de prisão, em regime fechado. O outro acusado, Cláudio Marques Baptista de Mattos, foi condenado a 14 anos, também em

regime fechado.

O crime aconteceu no dia 26 de abril do ano passado. Ela foi estuprada e morta em sua própria casa. Na ocasião, os dois filhos da fonoaudióloga foram imobilizados pelos acusados.

Revista Consultor Jurídico, 7 de março de 2002.

Revista Consultor Jurídico, 7 de março de 2002, 12h11

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 15/03/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.