Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Venda inusitada

Empresário arremata 20 caixões leiloados por Justiça do DF

O empresário Cláudio Barbosa Maciel, dono de uma funerária, arrematou os 20 caixões leiloados pela Justiça do Distrito Federal. Os caixões foram penhorados para a execução de um título extrajudicial.

Os bens estavam avaliados em R$ 12 mil. Mas o empresário pagou R$ 3 mil por 19 caixões e R$ 180,00 por um deles. O lance inicial foi de R$ 100,00.

O leilão foi feito pelo oficial de Justiça do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios, Vilson Soares. O oficial de Justiça disse que essa não é a primeira vez que comanda um leilão diferente. “Já leiloei penico e até roupa íntima”, disse.

Entre interessados e curiosos, mais de 30 pessoas estiveram presentes no leilão para ver os caixões que estavam guardados no depósito público do Tribunal de Justiça desde o ano passado.

No primeiro leilão não houve licitantes interessados e que preenchessem os requisitos. Mas dessa vez, os caixões de mogno com detalhes dourados, de Maria das Graças Pereira Santos, dona da Funerária Nacional, foram finalmente vendidos.

Revista Consultor Jurídico, 6 de março de 2002.

Revista Consultor Jurídico, 6 de março de 2002, 17h18

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 14/03/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.