Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Atividades paralisadas

Servidores da Justiça Federal satirizam líder do governo na Câmara

Os servidores do Judiciário Federal de São Paulo devem fazer uma manifestação em frente à casa do líder do governo na Câmara, deputado Arnaldo Madeira (PSDB-SP), nesta segunda-feira (27/5). Os servidores querem exigir maior agilidade na aprovação do projeto de lei que revisa o Plano de Cargos e Salários da categoria.

O ato de protesto é organizado pelo Sindicato dos Trabalhadores do Judiciário Federal no Estado de São Paulo (Sintrajud).

Na terça-feira (28/5), haverá nova manifestação em frente ao Tribunal Regional Federal. Será servido como almoço aos grevistas o prato 'cupim ao molho madeira'. "É uma referência ao que faremos caso o governo não recue e negocie com seriedade com a categoria: seremos cupins na vida do deputado Madeira", disse o diretor do Sintrajud, Cláudio Klein.

Na quarta-feira (29/5), os servidores se reunião em uma assembléia para decidir sobre os rumos da greve. Desde o dia 6 de maio, parte dos servidores da Justiça Federal, Eleitoral e do Trabalho de 19 Estados estão com as atividades paralisadas.

Leia notícia sobre a paralisação dos servidores.

Revista Consultor Jurídico, 27 de maio de 2002, 10h57

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 04/06/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.