Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Empresa punida

Empresa aceita documento falso e é obrigada a indenizar consumidor

O Superior Tribunal de Justiça mandou a empresa Globex Utilidades indenizar Alisson Eustáquio Gonçalves por danos morais. Motivo: a empresa incluiu indevidamente o nome do consumidor no Sistema de Proteção ao Crédito (SPC).

O CPF do consumidor havia sido usado por um estelionatário para obter um financiamento na empresa. De acordo com o relator, ministro Ruy Rosado, o descuido da empresa foi a causa do fato lesivo ao terceiro alheio ao negócio.

REsp 404.778-MG

Revista Consultor Jurídico, 26 de junho de 2002, 12h37

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 04/07/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.