Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

A OAB no alvo

Juízes investem contra vagas para advogados em tribunais

A Associação Nacional de Magistrados Trabalhistas (Anamatra) vai decidir, até a segunda quinzena de agosto, se adota, oficialmente, como bandeira, a extinção das vagas destinadas a advogados nos tribunais (1/5 Constitucional).

Três associações regionais de juízes (Amatras) já se posicionaram contra a possibilidade de advogados tornarem-se juízes por indicação da OAB: a de Pernambuco (6ª Região), a do Pará (8ª Região) e a de Brasília (10ª Região).

A direção da Anamatra decidiu nesta quarta-feira (26/6) convocar assembléias em todas as regiões para que a posição assumida tenha ampla apoio da categoria. O reexame dessa questão foi uma das propostas de campanha da atual direção da entidade e integrou as conclusões do último encontro da Associação (Conamat), em Blumenau.

O estopim que precipitou o debate, contudo, foi a iniciativa da OAB paulista de indicar para vaga no Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo dois ex-juízes classistas.

Revista Consultor Jurídico, 26 de junho de 2002, 22h08

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 04/07/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.